FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

Qual a diferença entre surdez e deficiência auditiva

Diferença entre surdez e deficiência auditiva

É comum que haja dúvidas em relação às nomenclaturas deficiência auditiva e surdez.

A resposta vai depender do ponto de vista de análise que se está utilizando. Pensando em um ponto de vista orgânico, sim, são sinônimos utilizados para definir qualquer tipo de perda auditiva, seja de grau leve, moderado, severo ou profundo, em um ou ambos os ouvidos.. Entretanto, considerar apenas a perspectiva orgânica não é suficiente, pois as diferenças nas classificações para deficiente auditivo ou surdo incluem um importante componente sociocultural — a comunicação gestual.

Neste artigo, abordamos as principais características das perdas auditivas, os tratamentos adotados, bem como o fator sociocultural como determinante para diferenciar as nomenclaturas. Continue a leitura para entender melhor!

As características da deficiência auditiva ou surdez

O grau de perda auditiva está relacionado com o quanto ouvimos, ou seja, com a medição da nossa audição. Segue a classificação:

 

  • sem perda auditiva (0 a 25 dB) — sem dificuldade aparente;
  • leve (26 a 40 dB)— dificuldade de manter um diálogo em ambientes com muito barulho;
  • moderada (41 a 55 dB)— dificuldade em ouvir a fala quando há ruído de fundo e necessidade de aumentar o volume da TV ou do rádio;
  • moderada a severa (56 a 70 dB)— necessita de fala em tom alto e apresenta dificuldade para conversar em grupo;
  • severa (70 a 90 dB)— só ouve a fala em tom muito alto e faz uso de leitura labial. Alguns pacientes também adotam a língua de sinais (Libras);

profunda (+90) — dificuldade de ouvir e entender a fala mesmo que seja amplificada. Uso da linguagem labial e/ou língua de sinais.Os tratamentos

Os tratamentos para a perda auditiva têm relação direta com a causa. Dessa forma, escolhemos alguns exemplos de procedimentos que /

podem ser adotados:

  • perfuraçõese alterações na membrana timpânica (tímpano)— é provável que haja necessidade de cirurgia e/ou uso de aparelho auditivo;
  • obstrução por cera — a limpeza feita por um otorrinolaringologista pode ser o suficiente;
  • envelhecimento natural (presbiacusia) — requer o uso de aparelho auditivo.

O fator cultural que diferencia a nomenclatura

Para entendermos a diferença entre deficiente auditivo e surdo, é importante considerarmos também o contexto sociocultural. Nesse sentido, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) é um componente essencial da nossa cultura, que utiliza formas gestuais para a comunicação entre os integrantes da comunidade de surdos.

Gostou dessa matéria?

Assine nossa newsletter e receba matérias e novidades relacionadas diretamente no seu endereço de e-mail e também em seu WhatsApp.

Esse fator cultural é o que determina a diferença entre os dois grupos, pois identifica os indivíduos que não pertencem à comunidade de surdos como deficientes auditivos. Considerando esse aspecto, o grau de perda auditiva perde a importância na diferenciação, visto que a identidade surda é um fator determinante, já que o deficiente auditivo não depende da língua de sinais.

Ao contrário dos surdos, os deficientes auditivos são muito mais próximos do mundo ouvinte. Em geral, essas pessoas perderam gradualmente a audição e não utilizam a Libras. Grande parte delas se comunica por meio da leitura labial e utiliza aparelhos auditivos ou implantes cocleares, bem como recursos assistivos, como as legendas.

Conforme verificamos, as diferenças entre deficiência auditiva e surdez são identificadas por uma perspectiva orgânica ou sociocultural. Lembrando que, no contexto sociocultural, o termo “surdo” é utilizado para definir apenas a pessoa que pertence à comunidade surda e utiliza a língua de sinais.

 

Gostou deste artigo? Então, assine a newsletter para ficar atualizado com conteúdos que tratam da audição e da qualidade de vida!

 

1 Comente
  • Maria Julieta Lingua

    Interessante, muito claro

    23/04/2020 13:04
    reply
Publicar um comentário
Name
E-mail
Website

Onde você está?

Dessa forma você terá acesso aos produtos e serviços da sua região.

No momento a Comunicare não conta com unidades de atendimento na sua região.

Navegue em nosso site e compre online pilhas e acessórios com entrega gratuita acima de R$ 199,00 em todo o Brasil.