Surdez hereditária

Quando uma pessoa é diagnosticada com perda de audição, uma das primeiras dúvidas que surgem na família é se a surdez é hereditária. A resposta para esse questionamento é: pode ser. Isso porque existem diferentes tipos de perda auditiva, que podem ser consequência de fatores variados, e uma das causas é a hereditariedade.

Ficou confuso? Calma que vamos explicar tudo neste post! Continue a leitura e descubra mais sobre a surdez hereditária, as outras causas da perda auditiva e quais os tratamentos para essa condição.

A surdez é hereditária?

Como vimos na introdução deste post, a resposta para a pergunta se a surdez é hereditária, é que sim, ela pode acontecer por essa razão. Nesses casos, a perda de audição está ligada a fatores genéticos. Quando isso acontece, há uma mutação de algum gene ligado ao processo auditivo, que leva ao comprometimento da audição.

A surdez hereditária, na maioria dos casos, acontece desde o nascimento. Entretanto, para que ela seja diagnosticada nos primeiros dias de vida, é essencial que as crianças sejam submetidas ao teste da orelhinha. Ele é obrigatório e deve ser realizado ainda na maternidade, ou no máximo até o primeiro mês de vida.

Outra importante informação sobre a surdez hereditária, é que ela pode estar ligada a alguma síndrome ou não. Quando há outra condição somada a perda auditiva, dizemos que a pessoa tem uma surdez hereditária sindrômica. Já quando não há outra síndrome, a pessoa tende a apresentar somente a surdez como sintoma.

Conheça algumas condições genéticas que podem causar a surdez hereditária.

Síndrome de Pendred

Essa doença tem causa hormonal e está ligada a uma má regulação dos hormônios de crescimento. Como consequência temos uma redução na produção de hormônios, acompanhada de outros problemas, como a surdez.

Síndrome de Usher

A Síndrome de Usher é ocasionada por uma mutação genética que afeta as células nervosas localizadas na parte interna do ouvido, mais precisamente na cóclea. A consequência dessa doença é a perda de audição e de equilíbrio.

Otosclerose

A otosclerose é uma doença estrutural, em que o tecido ósseo cresce de forma anormal. Devido a essa condição, o ossículo interno do ouvido, chamado de estribo, não consegue se movimentar. Dessa forma, não há como ocorrer a vibração das ondas sonoras como deveria ser, afetando a audição.

Síndrome de Down

A Síndrome de Down é ocasionada por um acidente genético que resulta em um cromossomo a mais, ligado ao par 21. Quem é portador dessa condição têm um risco mais elevado de ter uma malformação no sistema de audição e algum grau de perda auditiva.

Quais são as causas da perda auditiva?

Além da surdez hereditária, a perda auditiva também pode acontecer por consequência de outros fatores. Confira os principais a seguir.

  • Envelhecimento: as células ciliadas localizadas na cóclea envelhecem com o tempo, interferindo na audição;
  • Excesso de cera: pode ocasionar o bloqueio da passagem de som na orelha;
  • Medicação: os medicamentos ototóxicos, normalmente utilizados para tratar câncer e problemas cardíacos, podem levar alterações de equilíbrio, zumbido e perda auditiva;
  • Ruídos altos: a exposição em excesso a ruídos altos, que acontece principalmente em algumas profissões, é uma causa comum de perda auditiva;
  • Infecções: doenças infecciosas, como a otite, podem ocasionar a perda auditiva, principalmente se não forem tratadas.

Como tratar a surdez?

Surdez

Independente se a surdez é hereditária ou causada por algum outro motivo, é importante saber que na grande maioria dos casos, ela pode ser tratada. Para tanto, é fundamental que se busque ajuda assim que qualquer alteração na audição for percebida. Isso porque quanto antes o tratamento for iniciado, maiores são as chances de se obter sucesso.

Dentre as opções disponíveis de tratamento da audição, as principais são o implante coclear e o uso de aparelhos auditivos. Ambas podem amenizar os sintomas e melhorar a qualidade de vida.

No caso de crianças que sofrem com a surdez hereditária, os aparelhos auditivos ajudam no desenvolvimento da fala e na percepção de sons, garantindo uma melhor comunicação. Essas crianças passam a ser acompanhadas por uma equipe multidisciplinar, formada por fonoaudiólogos, fisioterapeutas, otorrinolaringologistas e todos os especialistas que podem auxiliar na linguagem e escuta.

A dúvida se a surdez é hereditária é recorrente. Como vimos, ela pode ser decorrente de alguma alteração genética, mas também pode ser ocasionada por outros fatores. Independente de qual seja a causa da perda auditiva, o acompanhamento de especialistas e o uso de tecnologias, como os aparelhos auditivos, aumentam as chances de se levar uma vida mais próxima possível a normal.

Agora você já sabe sobe mais sobre o tema surdez é hereditária. Se você ficou com alguma dúvida, deixe um comentário no post que iremos ajudá-lo.

2 Comentários

  1. José Luiz da Silva

    Só quero saber se tem loja física em campinas

    Responder
    • Comunicare

      Prezado Sr. José, bom dia! Tudo bem com o senhor?
      O endereço da nossa loja em Campinas:

      Rua Maria Monteiro, 1363
      Bairro Cambuí
      (19) 3199.8018

      Ficamos à sua disposição.
      Atenciosamente, equipe Comunicare

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

M

Onde você está?

Dessa forma você terá acesso aos produtos e serviços da sua região.

M

Localizando...

Unidade mais próxima

Agendar Teste Gratuito