FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

É por meio do som que as pessoas se comunicam e se conectam com o mundo. Atualmente, com o desenvolvimento tecnológico, aqueles que convivem com a perda auditiva, inclusive, conseguem reverter essa situação utilizando recursos com um aparelho de última geração, garantindo melhor qualidade de vida.

Quando o assunto é ouvir, uma das principais curiosidades tanto de quem tem ou não perda de audição é entender como funciona esse processo auditivo. No artigo de hoje falaremos sobre isso. Continue a leitura e confira como funciona a nossa audição, desde a captação do som pela orelha, até o processamento do cérebro.

O aparelho auditivo humano
O sistema auditivo dos seres humanos é composto pelos ouvidos, que são os órgãos sensoriais e que têm como importante função o recebimento e a codificação de ondas sonoras. Eles são formados, basicamente, por três partes: ouvido externo, ouvido médio e ouvido interno.

Ouvido externo
O ouvido externo é a parte mais de fora da orelha. A principal função dele é realizar a captação das ondas sonoras e enviá-las para a membrana timpânica, localizada no ouvido médio.

Ouvido médio
A próxima estrutura do ouvido é a parte média, que é separada da externa pelo tímpano. Dentro do ouvido médio encontram-se três importantes estruturas de minúsculos ossos, também chamado de ossículos: o martelo, a bigorna e o estribo. Eles são responsáveis por amplificar a vibração recebida e enviar essa onda sonora até a cóclea, no ouvido interno.

Ouvido interno
Quando o som chega até o ouvido interno via martelo, bigorna e estribo, o líquido presente na cóclea se move estimulando células nervosas. Essas, por sua vez, enviam impulsos elétricos para o cérebro. A partir disso o som passa a ser interpretado em uma nova fase do processo auditivo.

O papel do cérebro
O cérebro tem um papel importante no processo auditivo. Embora os sons sejam percebidos no ouvido, é o cérebro que desempenha a tarefa de processar e interpretar a informação.
Quando o nervo auditivo repassa a informação para o cérebro, acontece uma organização da informação que é classificada e agrupada conforme a duração, a intensidade e a frequência.
A partir disso, o tálamo processa o tipo de som recebido. Quando ele entende que o som remete a alguma situação de perigo, por exemplo, há uma ativação de resposta emocional automática. Depois de passar pelo tálamo, é a vez do córtex auditivo exercer a sua função. Por meio dele, a pessoa consegue reconhecer sílabas, palavras e processar a fala.

O passo a passo do processo auditivo
O passo a passo para a captação e o avanço do som dentro do aparelho auditivo então pode ser resumido da seguinte forma:
O som é captado pelos ouvidos;
O ouvido externo envia o som até o tímpano;
As ondas sonoras provocam a vibração do tímpano, chegando até os ossículos (martelo, bigorna e estribo), no ouvido médio;
Os ossículos aumentam as vibrações levando-as até a cóclea, no ouvido interno;
Na cóclea, o som é convertido em sinais elétricos e as células ciliadas transmitem as vibrações elétricas até serem captadas pelo nervo auditivo;
As células nervosas enviam impulsos elétricos para o cérebro;
O cérebro decodifica as informações recebidas;
O córtex auditivo processa as informações sonoras.

A perda auditiva
Apesar de a audição ser um dos sentidos essenciais à vida, esse processo, muitas vezes é prejudicado com o passar dos anos. Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que no Brasil aproximadamente 28 milhões de pessoas sofrem com algum tipo de perda auditiva, seja leve ou moderada.

Essa diminuição na capacidade de ouvir pode acontecer por diferentes motivos como o processo natural de envelhecimento do corpo, por ação de vírus ou bactérias, pela exposição a ruídos altos, etc.

A boa notícia é que atualmente é possível prevenir o avanço da perda auditiva. Para tanto é preciso estar atento aos sinais e contar com a ajuda profissional o mais cedo possível. Com um bom diagnóstico e o uso de aparelhos auditivos com tecnologia avançada a pessoa pode voltar a ouvir, aliviar zumbidos, dores, desconfortos e melhorar a qualidade de vida.

O processo auditivo é complexo e fascinante ao mesmo tempo. O nosso corpo é uma máquina perfeita, que se conecta por inteiro. O avanço tecnológico permite que grande parte da população consiga ouvir cada vez mais e melhor!

Se você notou alguma alteração na sua audição, faça uma avaliação gratuita aqui na Comunicare e descubra se necessita de algum tipo de auxílio. Contamos com as melhores tecnologias para oferecer a melhor experiência para você!

2 Comentários

  1. Adriana

    Minha mãe usa aparelho auditivo, mas tenho notado que está tendo perda auditiva, Oq fazer

    Responder
    • Comunicare

      Bom dia! Tudo bem?
      Acreditamos que a melhor escolha para o seu caso seria a busca por um otorrinolaringologista para te auxiliar.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

M

Onde você está?

Dessa forma você terá acesso aos produtos e serviços da sua região.

M

Localizando...

Unidade mais próxima

Agendar Teste Gratuito
M

Informe seus dados para iniciar seu atendimento.