6 filmes para idosos que valem a pena assistir!

6 filmes para idosos que valem a pena assistir!

Os filmes para idosos podem trazer muitos benefícios à saúde mental. Essa é a opinião de psicólogos que trabalham com a técnica conhecida como Cinematerapia. Além de trabalharem o reconhecimento e a compreensão de conflitos, os filmes podem, ainda, auxiliar no equilíbrio das emoções.

Fazer companhia ao idoso em momentos de lazer também é muito importante, pois, além da atenção dispensada, dividir essa atividade com alguém permite uma interação com comentários sobre o que se assiste.

Pensando nisso, selecionamos alguns filmes imperdíveis para a terceira idade, com sinopses e comentários sobre os aspectos que tornam cada um desses enredos interessantes para essa faixa etária. Continue a leitura para ver as nossas dicas!

1. E se vivêssemos todos juntos? (2011 — direção de Stéphane Robelin)

Esse filme retrata a decisão de 5 amigos, preocupados com o declínio da memória e outros problemas típicos da velhice, de morarem juntos para não se tornarem fardos na vida dos filhos. O inusitado projeto de vida proporciona novas perspectivas, desafios e uma convivência com muitas lembranças da amizade, que conta com mais de 40 anos.

Esse novo estilo de vida de pessoas com mais de 75 anos chama a atenção de um estudante de antropologia que resolve escrever uma tese sobre o cotidiano do grupo. O excelente elenco conta com Jane Fonda e Geraldine Chaplin, entre outros.

O enredo permite ao idoso perceber que a idade não é um limite para novas descobertas e a adoção de um novo estilo de vida.

Veja o trailer do filme! Ele pode ser assistido no site da Nowonline.

2. Amor (2012— direção de Michael Haneke)

Um campeão no Oscar e em Cannes, como melhor filme estrangeiro, ele fala sobre o grande amor de um casal octogenário, Anne (Emmanuelle Riva) e Georges (Jean-Louis Trintignant), professores de música e apaixonados pelo estilo clássico, que levam a vida de uma maneira independente em um apartamento em Paris.

Eles passam o tempo ouvindo música, porém, um súbito derrame deixa a esposa com um lado do corpo paralisado. Essa situação muda a rotina do casal e coloca à prova o amor que um tem pelo outro.

As interpretações dos protagonistas levam o idoso que assiste ao filme a pensar sobre a fragilidade e os limites da dignidade humana.

O filme completo está disponível no YouTube. Acesse o trailer!

3. Elsa & Fred (2014 — direção de Michael Radford)

O filme aborda as diferenças entre uma senhora animada, que mora sozinha, e um velho rabugento que não gosta de sair de casa. Um pequeno acidente de carro os coloca frente a frente quando Elsa (Shirley MacLaine) provoca o evento ao sair de casa, quebrando os faróis do automóvel de Lydia (Marcia Gay Harden), a filha de um novo vizinho, Fred (Christopher Plummer).

Após algumas discussões sobre o ocorrido, Elsa fica livre de pagar o prejuízo. Com o tempo, ela e Fred se aproximam a cada dia, apesar das grandes diferenças de temperamento.

O enredo é interessante para a terceira idade, pois faz refletir sobre a possibilidade de uma convivência saudável e amorosa entre duas pessoas com personalidades opostas.

O filme pode ser visto na Netflix. Veja alguns trechos!

4. O Amor é Estranho (2015 — direção de Ira Sachs)

Esse filme trata do relacionamento maduro entre dois homens — George (Alfred Molina), um professor que nunca escondeu a condição de homossexual, e Ben (John Lithgow) — que, após 40 anos de união, decidem se casar, com o apoio de amigos e familiares.

Porém, George fica desempregado e a crise financeira gera um grande impacto na vida do casal. A situação faz com que eles se separem e mudem para as casas de amigos e parentes até que a vida retorne ao normal. A crescente e desagradável sensação de atrapalhar ou ser atrapalhado, no dia a dia, é demonstrada sem apontar culpados ou vilões.

Dessa forma, o filme permite ao idoso perceber que o amor não é estranho, e sim o que está em seu entorno. Ele também faz repensar a questão de preconceito quanto à homossexualidade, demonstrando que a força dos sentimentos é maior que os limites impostos pela sociedade.

Ele pode ser assistido no site FlashFilmes. Acompanhe o trailer!

5. Antes de Partir (2007 — direção de Rob Reiner)

O filme conta a história de dois homens que se conhecem em um hospital quando estão se tratando de um câncer terminal. Apesar do pouco tempo de vida que lhes restam, eles resolvem preparar uma lista de coisas que gostariam de fazer antes de morrer — uma delas é viajar pelo mundo.

Os personagens vividos por Jack Nicholson e Morgan Freeman nos levam às lágrimas e fazem o idoso repensar o valor da vida e como é importante vivenciar cada minuto como se fosse o último.

O filme pode ser acessado no site da Netflix. Veja o trailer!

6. Philomena (2014 — direção de Stephen Frears)

Essa é uma história baseada em fatos que ocorreram na Irlanda, nos anos de 1950, quando a jovem Philomena (Judi Dench) engravidou e foi levada pelo seu pai para morar em um convento.

As freiras combinaram com Philomena que cuidariam da criança em troca de serviços prestados e se ela concordasse com uma doação. Com o tempo, Anthony é adotado por um casal norte-americano.

A mãe passa a procurar pelo filho por 50 anos seguidos. Em uma viagem aos Estados Unidos, ela conhece Martin Sixsmith (Steve Coogan), um jornalista ateu e fracassado, para quem conta a sua história.

A partir de então, eles iniciam uma jornada em busca de Anthony, e o jornalista vende a história para uma editora. Embora ele tivesse algumas dúvidas quanto ao aspecto de interesse humano do projeto, a investigação revela gradualmente várias descobertas, que envolvem, sobretudo, a religião.

O filme apresenta muitas surpresas, tanto para a personagem principal quanto para os idosos que o assistem, além de motivá-los a uma reflexão sobre as consequências de certos dogmas religiosos em relação ao desejo e ao sexo.

Ele pode ser visto no Filmow e na Globo Play. Acesse o trailer!

Conforme comentamos no início do artigo, os filmes são um excelente meio de diversão e reflexão sobre a vida, sendo muito indicados para as pessoas da terceira idade. Entretanto, alguns idosos podem apresentar dificuldade de audição, que interfere no prazer do entretenimento.

A boa notícia é que, para essas pessoas, a Comunicare tem uma solução inovadora — um aparelho que pode ser conectado diretamente à televisão e que permite uma excelente audição. Assim, a experiência desses momentos vivenciados em conjunto pode ser completa!

Como verificamos, vale a pena assistir a alguns filmes para idosos, já que eles abordam situações existenciais que podem contribuir para a melhoria da saúde mental das pessoas na terceira idade. Quando proporcionamos esses momentos de lazer ao idoso, estamos contribuindo também para o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida nessa fase da jornada.

Gostou das dicas de filmes para idosos? Caso queira saber mais sobre o aparelho auditivo da Comunicare, entre em contato conosco e agende uma avaliação auditiva sem compromisso!

1 Comente
  • Leila

    Excelente

    12:07
    reply
Publicar um comentário
Name
E-mail
Website