Perda auditiva

A perda auditiva e saúde emocional estão conectadas. Nesse sentido, muitas pessoas que apresentam dificuldade para ouvir podem desenvolver alguma doença mental ou emocional.

As causas para essa correlação são diversas, mas um dos principais motivos para que isso aconteça é o não tratamento da perda de audição. No artigo de hoje falaremos sobre este assunto. Continue a leitura e descubra quais são os problemas emocionais e mentais que a perda auditiva pode causar.

Quais as causas da perda auditiva?

A perda de audição é uma condição que afeta pessoas de todas as idades. Ela pode acontecer em decorrência do envelhecimento natural do corpo, atingindo os idosos e as pessoas mais velhas, ou em qualquer outra idade devido a causas específicas.

Alguns dos principais problemas que podem causar a perda auditiva estão:

  • Infecções nos ouvidos como as otites;
  • Acidentes;
  • Perfuração do tímpano;
  • Uso excessivo e em alto volume de fones de ouvidos;
  • Problemas genéticos e hereditários;
  • Exposição frequente a ruídos altos.

Essas causas podem aparecer em qualquer idade e afetar a saúde auditiva das pessoas.

Como a perda auditiva e a saúde emocional se relacionam?

Perda auditiva

A perda auditiva e saúde emocional, muitas vezes, se interligam. Isso significa que pode ocorrer que pessoas que apresentam dificuldade de ouvir desenvolvam algum quadro que afete a parte emocional. A seguir falaremos um pouco mais sobre os principais problemas relacionados à saúde mental que as pessoas que manifestam surdez costumam apresentar. Confira!

Depressão

A depressão é uma consequência comum para aqueles que sofrem com a surdez. As pessoas que escutam perfeitamente podem ter a sua qualidade de vida comprometida quando os problemas auditivos começam a surgir. Uns dos principais resultados disso são a vergonha, o estresse e o isolamento social. Esses fatores combinados podem levar a pessoa a depressão.

Ansiedade

Outra consequência que costuma se manifestar a partir do aparecimento da perda auditiva é a ansiedade. As pessoas tendem a desenvolver essa reação por preocupação ou medo de determinadas situações. Um exemplo disso é a dificuldade para manter uma conversa. Como a pessoa sabe que será difícil, ela tende a ficar ansiosa antes de encontros com outros indivíduos em que tenha que se comunicar.

Baixa autoestima

Não conseguir fazer coisas que antes eram normais do dia a dia, como manter uma conversa, assistir televisão, ir a restaurantes, se comunicar utilizando eletrônicos pode trazer um sentimento de incapacidade, afetando a autoestima das pessoas.

Demência e problemas psíquicos

Principalmente para os idosos, a perda auditiva pode aumentar o risco do diagnóstico de demência. Alguns estudos nos dizem que isso acontece devido a diminuição ou isolamento social e pelas mudanças que a perda de audição causa no cérebro.

Isolamento

Todos esses problemas que envolvem a perda auditiva e saúde emocional podem resultar em isolamento, comprometendo ainda mais o bem-estar e a qualidade de vida daqueles que convivem com a perda de audição em qualquer grau ou faixa etária.

O que fazer para evitar que a perda auditiva afete a saúde emocional?

Se você chegou até aqui, deve estar se perguntando o que fazer para evitar que a perda auditiva afete a sua saúde emocional. Dessa forma, vamos responder de forma direta: busque sempre um diagnóstico o mais rápido possível e inicie o tratamento necessário.

Embora muitas pessoas demorem a procurar ajuda, por diversos motivos, como vergonha e não-aceitação, o diagnóstico e o tratamento da perda auditiva precocemente é a principal forma de fazer com que ela não desencadeie problemas relacionados à saúde mental.

Nesse sentido, sempre que notar qualquer mudança que você considere estar ligada a perda auditiva e saúde emocional, agende uma consulta com um médico e tenha o seu diagnóstico. A partir dele, você poderá iniciar o tratamento utilizando tecnologias promissoras, como aparelhos auditivos, que permitem que você leve uma vida muito próxima ao normal.

A perda auditiva e saúde emocional andam lado a lado. Para que os problemas auditivos não resultem em doenças que afetam o lado emocional e a saúde mental é muito importante estar atento aos sintomas. Se você desconfia que esteja com perda de audição agende uma consulta agora mesmo com nossos especialistas aqui da Comunicare e garanta o seu diagnóstico.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

M

Onde você está?

Dessa forma você terá acesso aos produtos e serviços da sua região.

M

Localizando...

Unidade mais próxima

Agendar Teste Gratuito