Comunicare Aparelhos Auditivos | Notícias

Entre em contato clique aqui
Você está: Home > Notícias

Notícias

Zumbido, sensação de ouvido entupido ou dor? Talvez você esteja com fadiga auditiva.

Postado em 22/05/2017 - Fonte: http://deficienciaauditiva.com.br/

Antes de ocorrer a perda auditiva irreversível, o corpo dá sinais de que algo não está indo bem com a sua audição. Se, de uma hora para a outra você passou a ter zumbido, sensação de ouvido entupido ou dor, pode ser que você esteja com fadiga auditiva, o primeiro alerta de que os ouvidos estão cansados e quase a ponto de nunca mais se recuperarem.

De acordo com a fonoaudióloga Vanessa Gardini, geralmente, esses primeiros sinais de perda auditiva aparecem quando ainda é possível reverter o problema. “Normalmente, os sintomas da fadiga auditiva desaparecem após alguns dias. No entanto, se a exposição a ruídos altos for algo corriqueiro, o quadro ocorrerá mais vezes, até um momento em que os ouvidos não conseguirão mais se recuperar, provocando a perda auditiva irreversível. Por isso, o quanto antes procurar pela ajuda de um profissional, melhor.”

Com o diagnóstico de perda auditiva em mãos, é necessário procurar meios para contorná-la. “Hoje em dia, os aparelhos auditivos são modernos e conseguem devolver a audição perdida, seja ela uma perda leve ou profunda. Mesmo sendo os aparelhos auditivos ótimos aliados, o melhor a fazer é ser prudente e evitar ficar exposto a ruídos altos”, aconselha.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1,1 bilhão de pessoas no mundo podem ter perda de audição irreversível por conta da música alta nos fones de ouvido. Estudos anteriores já davam conta de que 360 milhões possuem problemas de audição por razões diversas, entre eles a exposição constante a ruídos intensos. “Uma avenida congestionada e movimentada, por exemplo, atinge cerca de 85 db, o que já é prejudicial à audição, pois suportamos sons de até 70 db. Quem está no trânsito e usa fones está ainda mais exposto, pois, para que seja possível escutar a música, é necessário aumentar o volume acima do barulho das ruas, ou seja, superar os 85 db, com o som sendo emitido diretamente nos ouvidos”, explica a fonoaudióloga.

A projeção da OMS é um sinal de alerta sem precedentes: um em cada sete indivíduos no planeta pode sofrer com perda auditiva simplesmente por não diminuir o volume nos fones. “O ideal é estar atento aos ruídos dos ambientes que frequentamos e procurar evitar a exposição, quando estiverem muito elevados”, explica. “E se for mesmo usar um fone de ouvido, prefira os de formato de concha, que são externos à orelha. Eles são menos prejudiciais à audição que os modelos intra-auriculares (comuns em celulares).”

VOLTAR PÁGINA ANTERIOR