Comunicare Aparelhos Auditivos | Controlando o Zumbido

Entre em contato clique aqui
Você está: Home > Controlando o Zumbido

Controlando o Zumbido

Esquecendo o zumbido.

Nosso mundo vive com sons. Risos, melodias inesquecíveis, ondas quebrando na costa – todos esses sons enriquecem nossas vidas e são literalmente música para nossos ouvidos. Mas o que acontece quando um som de repente toma o controle? Se começarmos a ouvir um ruído chato que aparenta nunca mais sumir, isso pode se tornar uma distração, nos tirar do sério, e podemos nos sentir incomodados. Mas esse fenômeno chamado zumbido é uma condição comum e há maneiras de encontrar o alívio e reestabelecer a paz. Junto com nossos familiares, nós podemos aprender a viver com o zumbido controlando-o, ao invés de deixa-lo nos controlar.

A verdade sobre o zumbido.

- A prevalência do zumbido é geralmente relacionada ao grau de perda auditiva.*

- 10 % – 15 % das pessoas sofrem com zumbido crônico. Ex: mais de 6 meses.*

- Cerca de 20 % dos pacientes com zumbido acham os sintomas difíceis de suportar*

- Mais de 90 % das pessoas que sofrem com zumbido, possuem algum tipo de deficiência auditiva.*

- O zumbido é um distúrbio comum com diferentes causas*

- O zumbido é muitas vezes relacionado com a hiperatividade de fibras nervosas.*

*Retirado da hear-it.org em 12/03/2014.

As várias faces do zumbido.

O zumbido soa diferente para todos. Pode ser alto ou baixo, constante ou intermitente. Ainda há muitos tipos de causas como danos na orelha ou problemas na articulação da mandíbula.

Muitas pessoas com zumbido sentem diminuição na qualidade de vida. Em muitos casos, o zumbido é acompanhado da perda auditiva. Algumas vezes o zumbido some, e às vezes você tem que encontrar uma maneira de conviver com seus efeitos.

Cada pessoa percebe o zumbido de uma maneira diferente, sendo assim, é importante procurar um fonoaudiólogo para lhe ajudar com a melhor solução.

Passo a Passo: Encontrando sua maneira.

Na busca por uma solução, é importante lembrar que o zumbido não é uma doença, mas um sintoma – similar a dor. O objetivo é encontrar um alívio para esse sintoma.

O ruído constante pode desencadear reações emocionais e comportamentais negativas que fazem você se concentrar no zumbido. Por exemplo, se o zumbido te deixa estressado, você pode evitar participar de reuniões com amigos. O zumbido pode mantê-lo acordado durante a noite, tornando você cansado ou deprimido. Essas coisas podem causar um ciclo vicioso.

 

Quebrando o ciclo.
Comece com um teste de audição. Se você também tem perda auditiva, usar aparelhos auditivos pode ajudar a reduzir o incômodo com o zumbido, porque quando você está ouvindo, está ao mesmo tempo ocupado com o mundo, se distraindo do zumbido

Um gerador de som pode proporcionar alívio

Além de amplificar os sons em torno de nós, alguns aparelhos auditivos também apresentam uma função de gerador de som. Sabe qual o benefício dessa combinação?

Em ambientes muito silenciosos, os aparelhos auditivos convencionais não têm tantos ruídos para ajudar a distraí-lo do seu zumbido. Isso torna a função do gerador de som muito útil. Emitindo um sinal para terapia sonora personalizada, pode distraí-lo do zumbido. Nossos aparelhos auditivos são equipados com diferentes tipos de sinais para terapia sonora: Quatro sinais de ondas do oceano inspirados na natureza e cinco sinais estáticos pré-programados podem oferecer uma solução personalizada para distraí-lo do zumbido – assim você pode relaxar e se concentrar.

Optando pela individualidade, reduzindo o zumbido

Os aparelhos auditivos Signia oferecem várias opções de gerador de som para que o seu fonoaudiólogo possa ajustar para você.

Aqui estão alguns exemplos:

- Somente gerador de som

- Dois modos programáveis: somente gerador de som ou combinado

- Quatro sinais para terapia sonora inspirados nas ondas do oceano

- Cinco sinais estáticos pré programados: White noise, pink noise, speech noise, brown noise, e high tone noise

- Sinais estáticos para terapia sonora customizáveis em até 20 bandas.

Paz com o zumbido: dicas práticas.

Quando lidamos com o zumbido, uma atitude positiva é muito útil: O zumbido é um dos muitos sons que você ouve – o segredo é aprender a adaptar esse som aos sons que você ouve ao seu redor.

Dicas úteis:
* Reaprender como ouvir. Quanto mais variados forem as impressões sonoras, menos você estará focado no zumbido. Então ouça conscientemente o mundo ao seu redor.

* Sono recuperativo. Se você é ativo durante o dia, é mais fácil dormir a noite. Muitos outros fatores também influenciam no seu sono – então experimente ver quais hábitos afetam positivamente seu descanso noturno.

* Mantenha-se em movimento. Passar o tempo com os entes queridos e desfrutar de atividades melhora a perspectiva e diminui o zumbido em sua vida.

* Evite o silêncio. Reduzir o tempo no silêncio dificulta o zumbido de tomar o controle – então relaxe com sons como livros de áudio ou músicas calmas.

* Permaneça em forma. Forma física é importante – mesmo que o seu zumbido seja alto quando pratica esportes, ele não deve causar preocupação.

* Relaxamento efetivo. O zumbido pode causar tensão, então é importante aprender e praticar métodos de relaxamento regularmente, como yoga, tai chi e outros.

Permaneça conectado.

Há muitas maneiras de superar o zumbido durante o dia. Para mais informações, converse com o fonoaudiólogo mais próximo de você.

Agende sua Consulta, clique aqui!

VOLTAR PÁGINA ANTERIOR