Dor de ouvido

O ouvido é o órgão responsável pela audição, um dos sentidos que permite ao ser humano socializar e ter uma percepção do ambiente. O bom funcionamento dele preserva a qualidade de vida e o bem-estar. E é comum que, em algumas ocasiões, as pessoas sejam acometidas pela dor de ouvido.

Essa sensação pode trazer incomodo e evoluir para sérias complicações caso não seja tratada. Por esse motivo, qualquer desconforto no ouvido precisa ser investigado. Se você está com dor de ouvido e está buscando informações sobre o assunto, este post irá ajudá-lo. Conheça a seguir as causas e o que fazer para aliviar a dor de ouvido.

Quais são os sintomas de dor de ouvido?

A dor de ouvido, normalmente, é decorrente de algum problema auditivo. Para realizar o diagnóstico de forma precoce, é importante estar atento aos sintomas. Sendo assim, consideramos importante que você conheça os principais sinais de que algo não vai bem com o seu ouvido. Anote aí:

  • Dor e desconforto em um ou nos dois ouvidos;
  • Sensação de zumbido nos ouvidos;
  • Dificuldade de se comunicar;
  • Dor e secreção em excesso;
  • Ouvido inchado;
  • Coceira ou vermelhidão.

Quais são as causas e o que fazer para aliviar a dor de ouvido?

Embora possa ser consequência de diferentes problemas, frequentemente a dor de ouvido está associada as mesmas causas. Confira a seguir algumas delas e o que fazer em cada uma. 

Infecções

As infecções de ouvido, como a otite média e a otite externa são extremamente dolorosas. Em princípio, elas são causadas por bactérias e fungos que se acumulam no canal auditivo.

Durante o inverno, isso acontece devido a passagem de microrganismos infecciosos, que chegam até os ouvidos vindos das vias respiratórias. Por sua vez, a otite de verão tem como principal causa o acúmulo de água no canal auditivo, que tende a evoluir para uma infecção. Além da dor, as infecções podem causar coceira e febre.

As otites devem ser diagnosticadas por um médico. O profissional poderá passar o tratamento correto, que pode variar de acordo com a causa da infecção. Usualmente são receitados analgésicos, anti-inflamatórios ou antibióticos. 

Entrada de água

Apesar de haver uma tendência de o acúmulo de líquido se transformar em uma otite e causar dor nos ouvidos, a simples entrada de água no canal auditivo já pode resultar em um grande incômodo na região.

Para evitar que isso aconteça, você pode utilizar tampão nos ouvidos para nadar, mergulhar e frequentar a piscina. Caso a dor já esteja presente, procure um médico o mais breve possível.

Zumbido

Antes de mais nada, é importante saber que o zumbido pode ser um sintoma transitório, que tende a passar com o tratamento correto. Entretanto, essa causa também pode indicar outros problemas mais graves como um início de perda auditiva.

O que fazer, então, quando estiver com zumbido nos ouvidos? Busque a ajuda de um profissional para que ele possa identificar a causa desse sintoma. A partir daí o tratamento mais adequado poderá ser indicado e iniciado. 

Amigdalite

Embora seja uma infecção de garganta, a amigdalite também pode afetar os ouvidos, causando dor na região. Isso acontece pois os canais entre os ouvidos e a garganta são interligados.

O tratamento para a dor de ouvido que é consequência da amigdalite deve ser indicado por um médico. Ele vai variar conforme a causa da infecção, o grau que ela apresenta, a dor, etc. 

Rompimento do tímpano

Uma das causas da dor de ouvido é o rompimento do tímpano. Normalmente ele acontece devido a infecções frequentes ou pelo uso indevido de hastes flexíveis. Colocar o famoso “cotonete” dentro do ouvido com o intuito de limpar pode perfurar o tímpano. Além da dor, o rompimento pode vir acompanhado de secreção, sangramento e perda auditiva.

Para tratar doenças relacionadas ao tímpano é necessário consultar um otorrino. O médico deve receitar o uso de medicamentos e, caso o problema persista, a indicação de cirurgia para correção. 

Sinusite

A inflamação das vias respiratórias é uma causa comum da dor de ouvido. Ela usualmente é causada por doenças alérgicas, acúmulo de secreção ou pela ação de vírus, fungos e bactérias. Lembrando que medicamentos específicos devem ser receitados apenas por médicos. 

Qual a importância de consultar um médico?

Consultar um médico

Como vimos, a dor de ouvido é um sintoma que se manifesta como consequência de outros problemas.  Em grande parte das vezes, ela pode ser tratada com o uso de analgésicos, anti-inflamatórios ou antibióticos. Por conta disso, antes de iniciar qualquer tratamento é indispensável que se busque um acompanhamento médico para investigar a causa.

O diagnóstico correto permite que o tratamento adequado se inicie o mais rápido possível, diminuindo a probabilidade de evoluir para algum problema maior. Portanto, sempre que você estiver com algum sintoma de dor de ouvido, não hesite em procurar a ajuda de um especialista no assunto.

Quais as vantagens de contar com a Comunicare?

Se você está buscando um especialista para seus problemas auditivos, a Comunicare pode ajudá-lo! Com 19 anos de experiência no mercado de aparelhos auditivos, a empresa conta com mais de 80 lojas e 300 pontos de atendimento espalhados por todo o Brasil. Além disso, a Comunicare também tem um pós-venda de sucesso, oferecendo suporte ao cliente sempre que necessário.

A dor de ouvido é um problema que traz muito desconforto. A boa notícia é que ela, frequentemente, pode ser tratada, devolvendo a qualidade de vida e o bem-estar. Se você desconfia que possa estar com dor de ouvido, mesmo que esteja no

Se você ficou com alguma dúvida, deixe um comentário no post que teremos prazer em ajudar.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

M

Onde você está?

Dessa forma você terá acesso aos produtos e serviços da sua região.

M

Localizando...

Unidade mais próxima

Agendar Teste Gratuito