FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

Cuidador de idosos: Tudo que você precisa saber antes de contratar esse serviço!

Cuidador de idosos: Tudo que você precisa saber antes de contratar esse serviço!

O aumento na expectativa de vida dos brasileiros é uma conquista que revela avanços nas pesquisas científicas, nos serviços de saúde, maior conscientização da população e cuidados básicos com a qualidade de vida.

No entanto, quanto mais se vive, maiores são as necessidades. Por isso, muitas famílias recorrem ao cuidador de idosos para auxiliar nas tarefas diárias com alguém que já ultrapassou a casa dos 70.

Apesar de cada pessoa ter uma necessidade diferente, existem casos em que é fundamental a presença do profissional, principalmente para quem sofre de doenças crônicas ou tem dificuldades para se locomover, tão quanto esquecimentos para situações importantes, como a hora correta de se medicar.

Com o objetivo de orientá-lo sobre o momento ideal de realizar uma contratação, vamos explicar neste post vários aspectos que devem ser priorizados antes da decisão. Portanto, continue a leitura!

Descubra a importância de um cuidador de idosos

O passar dos anos traz consequências inevitáveis. O corpo já não é mais o mesmo, a velocidade dos movimentosé reduzida, a cabeça já não tem aquela memória de anos atrás e, muitas vezes a solidão torna-se uma companheira de todas as horas.

Diante dos desafios, o cuidador de idosos é uma excelente alternativa para auxiliar as pessoas da terceira idade no dia a dia. Além da companhia, os profissionais têm formações na área de enfermagem e primeiros socorros, sendo bem úteis na promoção e cuidados de saúde.

Além de ministrar corretamente as medicações, o cuidador de idosos ajuda na higiene pessoal, com as refeições, acompanha o paciente nas consultas, faz passeios e também um atendimento especial  caso a pessoa esteja acamada.

Dessa maneira, os familiares ficam mais seguros, com a certeza de que o ente querido está sendo bem cuidado, evitando inúmeros problemas, como quedas ou erros nas medicações. Além disso, o cuidador de idosos estimula a participação em atividades sociais, ao criar empatia e vínculo afetivo, pontos importantíssimos na promoção da saúde.

Conheça os cuidados antes de fechar um contrato

Como com saúde não se brinca, a contratação de um profissional nessa área necessita de muitos cuidados, com o objetivo de assegurar que seu ente querido seja bem atendido, sem sofrer maus tratos ou negligências.Afinal, tem muita gente que se apresenta como cuidador de idosos, mas passa a maior parte do tempo dormindo ao lado da pessoa da terceira idade, sem entregar um atendimento de qualidade.

Para você contratar um profissional com todas as características necessárias para a atividade, o primeiro passo é conferir a certificação de um curso aprovado pelo Ministério da Educação (MEC).

Exija o certificado e peça o currículo do profissional. Assim, você poderá saber se ele tem especializações em áreas complementares, como nutrição, enfermagem, primeiros socorros, psicologia, entre outras. Quanto mais cursos o candidato tiver, melhor.

Outro ponto que não pode deixar de ser conferido é a referência de outras pessoas que já foram atendidas pelo profissional. Faça uma pesquisa sobre antigos trabalhos e peça referências. Afinal, a pessoa estará dentro do lar do seu ente querido, ou seja, precisa ser de confiança.

Faça uma entrevista com o profissional e, se possível,  deixe-o em experiência por alguns dias. Trata-se de uma maneira de você verificar se o idoso vai gostar da pessoa e também do trabalho desenvolvido. Dessa maneira, certamente o cuidador encontrado estará dentro das expectativas, podendo ser um verdadeiro companheiro do seu familiar.

Veja quais são os pré-requisitos do cuidador de idosos

Um cuidador de idosos tem que gostar de pessoas. Isso porque o convívio será frequente. Quem é carrancudo ou pouco sociável dificilmente vai conseguir trabalhos na área.

Inclusive, no momento de contratar um profissional, pergunte a ele quais são as principais características de sua personalidade. Pessoas muito tímidas também podem ter problemas, principalmente se o idoso gosta de conversar.

O ideal é encontrar profissionais que tenham os pré-requisitos da área. Outro aspecto fundamental é a paciência. Isso porque muitos idosos necessitam de atenção a todo momento, ou seja, quem se irrita muito fácil certamente vai estourar.

O cuidador de idosos deve ainda ser organizado, responsável, sensível, amigo, dinâmico e atualizado. Afinal, lidar com seres humanos exige muito mais do que meras formações técnicas. Um profissional com atendimento humanizado e a experiência de vida também contam muito a favor nessa área.

Como saber o momento certo para contratar um profissional

Muitos idosos passam dos 80 anos e continuam independentes. Inclusive, conseguem manter uma rotina de atividades e movimentam o corpo diariamente.

Acordam cedo, preparam o próprio café da manhã, vão à hidroginástica, participam de grupos da terceira idade, realizam negócios, se divertem e até sustentam os filhos e netos.

São casos que dispensam a presença de um cuidador de idosos. Agora, se seu familiar estiver debilitado, com dificuldades para caminhar, sofrer perdas de memória, alguma doença crônica ou sequelas de algum acidente, como um AVC, por exemplo, é imprescindível a presença de um profissional.

Além disso, o cuidador de idosos também é indicado para fazer companhia para quem vive sozinho, principalmente nas pernoites. Assim, evita os males causados pela sensação de solidão, sendo um verdadeiro companheiro de vida.

Pode bater um bom papo, fazer caminhadas, assistir a um filme, ajudar nas preparações das refeições, enfim, a companhia ajuda muito na qualidade de vida.

No caso das pessoas acamadas, que necessitam de cadeira de rodas ou andadores para se locomover, aí a presença do profissional também é necessária. Ele vai ajudar nas medicações, nos banhos, refeições; enfim, estará sempre de plantão, inclusive com trocas de escala.

Outra dica é conversar constantemente com o idoso sobre a possível necessidade de um cuidador, caso seu familiar esteja em boas condições de saúde. Afinal, sempre é importante tomar decisões conjuntas, evitando discussões ou más interpretações.

Veja as responsabilidades contratuais

Assim como outros profissionais, o cuidador de idosos deve ser contratado por meio da terceirização, como prevê a Reforma Trabalhista. Ele poderá ser intermitente (em dias esporádicos) ou fixo.

Ambos os casos devem respeitar as regras da CLT, com carga horária de 8 horas por dia ou 44 horas semanais, com o pagamento do adicional noturno após as 22h e também das horas extras.

O cuidador tem direito ainda a férias, 13º salário, Previdência Social e FGTS, com uma folga semanal.

Tomando as medidas preventivas, certamente a contratação será certeira, fazendo com que o cuidador de idosos seja um verdadeiro companheiro de vida do seu ente querido.

Este conteúdo foi útil para você? Quer sempre acompanhar as nossas postagens? Então, curta agora mesmo nossa página no Facebook e não perca as novidades!

Digite seu e-mail para receber as melhores dicas sobre
reabilitação auditiva, zumbido e aparelhos auditivos.


agendar consulta, agendamento de consulta, avaliação auditiva, avaliação auditiva gratuita, agendar avaliação auditiva gratuita, consulta surdez, consulta aparelho auditivo, consulta fonoaudiólogo
[/vc_column]
[/vc_row]

3 Comentários
Publicar um comentário
Name
E-mail
Website

Agende seu teste gratuito

Informe seus dados que entraremos em contato com você!