FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

Evite as dores de ouvido no verão

Ah, o verão! Na estação das altas temperaturas, os banhos de mar, rio, cachoeira e piscina são práticas frequentes. Todo mundo adora se refrescar na água: crianças, jovens, adultos e idosos. E para aproveitar ao máximo e evitar problemas depois da diversão, além da proteção solar, é igualmente importante proteger os ouvidos. Neste artigo você vai saber como cuidar da audição na temporada de verão e evitar as tão incômodas dores de ouvido. Acompanhe.

 

Causas da dor de ouvido

A dor de ouvido que surge no calor é diferente da inflamação que costuma acontecer no inverno. A otite no verão é conhecida como otite externa e, na maior parte das vezes, é causada pela água que fica parada na cavidade do canal do ouvido e abre caminho para infecções nessa região. A otite mais comum no frio é a chamada de otite média, que se diferencia por ser causada por infecção bacteriana decorrente de quadros de gripe e sinusite, por exemplo.

 

Como saber se é otite?

Apenas no verão, os casos de otite aumentam cerca de 75%.  As maiores indicações de otite externa são a dor de ouvido, além de sensação de água no ouvido, ouvido tampado, coceira, redução da audição, zumbido e até saída de secreção. A orelha pode apresentar vermelhidão e um leve inchaço. E como em qualquer outro processo infeccioso, a otite também pode ocasionar um pouco de febre, principalmente nas crianças, que costumam ser bastante acometidas por otite no verão.

Gostou dessa matéria?

Assine nossa newsletter e receba matérias e novidades relacionadas diretamente no seu endereço de e-mail e também em seu WhatsApp.

 

Cuidados com a audição no verão

Ao desconfiar de que se trata de inflamação, controle o impulso de usar hastes flexíveis para limpar, secar ou retirar qualquer possível secreção de dentro do ouvido. As hastes devem ser usadas apenas para limpeza externa da orelha, nunca no canal auditivo, pois aumentam as chances de causar ferimentos e piorar a situação, assim como o ator de coçar.

É importante não se automedicar e procurar um médico otorrinolaringologista. Isso porque, se não for tratada ou se o tratamento não for adequado, a otite externa pode evoluir para um quadro mais grave. No consultório, a maioria das otites costuma ser resolvida com o uso de analgésicos, anti-inflamatórios e até antibióticos, dependendo de cada caso, além de uma delicada limpeza realizada pelo médico.

Xô dor de ouvido!

Para que nada atrapalhe a diversão nos dias quentes na praia, cachoeira ou piscina, o melhor caminho é a prevenção. É preciso que você evite as dores de ouvido no verão, mas você não precisa proibir as brincadeiras na água, que fazem a alegria principalmente das crianças nessa época do ano. Basta tomar alguns cuidados:

 

  • Após nadar ou mergulhar, seque a parte externa do ouvido com a ponta de uma toalha macia, porém nunca seque a parte interna da orelha pois pode ferir o tímpano;
  • Use protetores de ouvidos, aqueles de silicone, os melhores são os feitos sob medida para você. Entre em conosco e agende conosco a confecção dos seus tampões de ouvido;
  • Se sentir água no ouvido, incline a cabeça para ambos os lados para que o líquido escorra;
  • Procure atendimento médico sempre que sentir dor de ouvido.

 

 

Agora que você já sabe como cuidar da audição no verão, coloque nossas dicas em prática e compartilhe também essas informações com seus amigos. E se você, algum amigo ou alguém da sua família precisa de tampões de ouvido, saiba que nós confeccionamos sob medida, basta entrar em contato agora mesmo. Nossa equipe de fonoaudiólogos está à disposição.

 

 

Sem comentários
Publicar um comentário
Name
E-mail
Website

Onde você está?

Dessa forma você terá acesso aos produtos e serviços da sua região.

No momento a Comunicare não conta com unidades de atendimento na sua região.

Navegue em nosso site e compre online pilhas e acessórios com entrega gratuita acima de R$ 199,00 em todo o Brasil.