segurança do idoso

Segurança do idoso: 4 cuidados para evitar acidentes domésticos

Com o processo natural do envelhecimento, algumas consequências podem surgir. O risco de acidentes domésticos aumentam e a queda pode ter um efeito devastador em pessoas mais idosas. Um piso úmido, uma escada sem corrimão ou um tapete solto, por exemplo, podem provocar tropeços e escorregões, levando a fraturas e ferimentos graves. No entanto, muitos desses incidentes podem ser evitados com medidas simples, o que favorece a segurança do idoso.

Assim, é necessário mudar a disposição de móveis, proporcionar espaço e ter alguns cuidados para que acidentes não ocorram, já que a maioria dos problemas acontecem dentro da própria residência, apesar de todo o cuidado e precaução.

Neste post, vamos apresentar 4 cuidados que devem ser tomados para evitar acidentes domésticos com idosos. Confira!

1. Garanta uma boa iluminação do ambiente

A má iluminação em casa é um grande perigo, principalmente se as paredes têm tons escuros, já que idosos costumam apresentar problemas visuais. Para isso, devemos espalhar abajures pela casa e deixá-los posicionados em locais de fácil acesso, como próximos a portas.

Além disso, outra boa dica é instalar sensores de iluminação pela casa, pois esses aparelhos fazem com que as luzes se acendam automaticamente ao detectar a presença de alguém. Com isso, o idoso não precisa ir até o interruptor.

2. Não deixe objetos soltos pela casa

Em muitos casos, nossa casa está cheia de obstáculos e armadilhas que nem chegamos a prestar atenção. É o caso de brinquedos e objetos espalhados pelo chão, fios soltos, carpetes dobrados e tapetes usados no banheiro e cozinha. Esses objetos podem provocar queda, levando ao risco de fraturas.

Por isso, é importante deixar o ambiente com poucos objetos que possam ser prejudiciais para a locomoção do idoso. Cômodos livres e corredores amplos facilitam o ir e vir dentro de casa, evitando tropeços.

3. Tenha corrimão nas escadas

Se o idoso mora em uma casa de dois andares, é necessário que redobremos a atenção. Assim, devemos adaptar os ambientes, instalando corrimão nas escadas e utilizando fitas antiderrapantes nos degraus. Além disso, rampas de acesso também pode ser instaladas.

4. Utilize camas baixas

Diversos idosos têm dificuldades com determinados movimentos considerados simples, como o ato de levantar e deitar. Portanto, é essencial que a cama esteja adaptada para proporcionar o menor esforço possível para eles.

Desse modo, é importante que troquemos o colchão para ajustar a altura da cama para que o idoso consiga apoiar os dois pés no chão. Além disso, é recomendado que a cama fique próxima a tomadas e interruptores, para que eles consigam apagar e acender as luzes sem precisar levantar.

Outra dica é adaptar todos os móveis, deixando-os em uma altura que seja confortável. Assim, se o idoso usa cadeira de rodas, por exemplo, precisamos deixar os móveis adequadamente instalados.

Como vimos, garantir o bem-estar e a segurança do idoso para evitar problemas domésticos é muito importante. Por isso, devemos sempre contar com algumas práticas simples, ao adotar medidas como garantir a boa iluminação da casa, não deixar objetos soltos e instalar corrimão nas escadas.

Gostou deste conteúdo? Como você evita acidentes domésticos com idosos? Deixe um comentário em nosso post e conte para gente!

Sem comentários
Publicar um comentário
Name
E-mail
Website