hipertensão e perda auditiva

Hipertensão e perda auditiva: há alguma relação?

Hipertensão e perda auditiva são problemas de saúde que podem atingir todos, mas exigem cuidados especiais por parte dos idosos. Por isso, a relação entre essas duas condições é uma realidade que merece a sua atenção.

A audição é um dos sentidos mais sensíveis do corpo humano. São diversos os fatores que podem comprometer essa capacidade tão útil e maravilhosa para a vida, e muitos deles não parecem estar diretamente relacionados com a audição, como a obesidade, o diabetes, a osteoporose e a hipertensão.

Hoje, vamos falar um pouco sobre como a perda auditiva está ligada à pressão alta ou hipertensão; mas, antes, vamos detalhar os principais fatores de risco da deficiência auditiva e explicar o que exatamente é hipertensão. Confira!

Quais são os fatores de risco para a perda auditiva?

Uma das principais condições da perda auditiva é o avanço da idade — trata-se de um problema frequente em pessoas acima dos 65 anos. O sistema auditivo sofre um desgaste com o passar do tempo e, muitas vezes, nem é o próprio acometido que percebe a perda da audição. A família é que pode perceber o problema e alertar o idoso.

No entanto, outros fatores também estão relacionados à deficiência auditiva. Um dos fatores de risco é, sem dúvidas, a exposição a ruídos excessivos. Infelizmente, essa é uma condição frequente em pessoas que trabalham em fábricas, locais de construção, festivais de música, professores de jardim de infância etc.

Jovens que usam frequentemente fones de ouvido, principalmente em volumes não recomendados pelo próprio aparelho, também estão correndo o risco de desenvolver algum tipo de deficiência auditiva no futuro.

Como vimos, existem problemas de saúde que estão relacionados à perda auditiva. O diabetes, por exemplo, caracterizado pela obstrução dos vasos sanguíneos devido ao aumento da glicose, compromete a circulação de sangue para sistemas mais sensíveis do organismo, como o auditivo.

Outro destaque ao qual vale a pena prestar atenção tem relação com a limpeza da cera de ouvido. Embora seja comum utilizar uma haste flexível para esse fim, os prejuízos que esse item pode causar para a audição são inúmeros, como infecções e até a perfuração do tímpano — problemas esses que podem levar à perda da audição gradual ou definitiva.

Afinal, o que é hipertensão?

Engana-se quem pensa que a hipertensão ou pressão alta é uma doença que acomete apenas os idosos. Embora seja mais comum nessa fase da vida, trata-se de um problema que pode atingir pessoas de todas as faixas etárias, sexos e classes sociais.

A pressão alta pode passar despercebida, porque os seus sintomas só aparecem quando se encontra num nível bem avançado. Ela é caracterizada pela pressão fora do normal que o sangue realiza contra as paredes das artérias para conseguir circular pelo organismo.

A difícil circulação nas artérias exige que o coração bombeie sangue com mais força, o que acaba danificando as artérias e dilatando o coração. Ao medir a pressão arterial em pulso, enquadram-se em pressão alta valores acima de 14 por 9.

Powered by Rock Convert

Embora esse problema apresente claramente os seus sintomas apenas em estágios avançados ou em situações de aumento considerável da pressão arterial, algumas pessoas podem sentir alguns sinais de alerta, como dores de cabeça, tontura e dores no peito.

A hipertensão tem relação com fatores genéticos, mas existem hábitos que favorecem a pressão elevada do sangue, como o sedentarismo, o estresse, o fumo e o consumo de alimentos com altos níveis de sal e sódio.

Realidade na vida dos idosos

A pressão alta está extremamente relacionada com o avanço da idade, o que exige uma série de cuidados no dia a dia dos idosos. As artérias acumulam, com o tempo, resíduos que vão estreitando a passagem do sangue, enquanto o coração passa a não ter a mesma capacidade de bombear, e isso ocasiona o aumento da pressão arterial.

Além disso, os rins tendem a reter cada vez mais água e sal com o avanço da idade, o que também colabora para a hipertensão. Principalmente idosos com diabetes ou obesidade devem buscar tratamento para que esse problema não gere outros danos permanentes à saúde, como a deficiência auditiva. Saiba mais a seguir!

Qual é a relação entre hipertensão e perda auditiva?

Como vimos, a perda da capacidade auditiva está relacionada a diversos fatores — hábitos de vida, como se expor a altos ruídos; predisposições genéticas etc. Os mais recentes estudos nos mostram que outro mal pode impulsionar a deficiência auditiva: a hipertensão.

O nosso sistema auditivo é coberto por vários vasos muito finos que podem se romper com a alta pressão sanguínea. Os problemas provenientes da hipertensão também podem agravar os casos de perda de audição, aumentando a necessidade de usar aparelhos auditivos.

Por isso, idosos que se cuidam e tomam todos os remédios podem encontrar, na consulta ao fonoaudiólogo, a origem do problema da perda da audição na pressão alta. Nesse e em outros casos, o uso de aparelhos auditivos permite que a pessoa consiga levar uma vida ativa e autônoma, mesmo com o problema.

A tecnologia desenvolvida nos aparelhos auditivos permite que os sons do ambiente sejam decodificados com mais facilidade pelo cérebro. A escolha do melhor modelo leva em consideração diversos pontos, como o grau de surdez do paciente e as suas necessidades do dia a dia.

Vale lembrar que os cuidados com a saúde dos ouvidos devem estar em dia, tanto por quem lida com a deficiência auditiva quanto por aqueles que não manifestam qualquer sintoma. A chave para a saúde do sistema auditivo está na prevenção e na busca por um tratamento médico especializado.

Como vimos, a relação entre a hipertensão e a perda auditiva pode ser amenizada com a busca por tratamento médico o mais cedo possível. É importante ir atrás de especialistas para avaliar cada caso, descobrir a origem do problema e dar início ao tratamento mais adequado.

Gostou das informações deste post sobre a relação entre hipertensão e perda auditiva? Então, assine a nossa newsletter e receba no seu e-mail todas as novidades sobre os cuidados para manter a saúde auditiva.

Sem comentários
Publicar um comentário
Name
E-mail
Website