FALTAM R$ 199 PARA O FRETE GRÁTIS

São inúmeros os motivos que levam à perda de audição. A própria natureza dá conta de diminuir a nossa capacidade auditiva com o passar do tempo, mas alguns hábitos negativos podem agravar esse ritmo. A boa notícia é que existem exercícios para melhorar a audição e evitar uma perda auditiva prematura.

A exposição a ruídos ao longo dos anos prejudica a captação de vibrações sonoras, o que relaciona a perda auditiva com a chegada da terceira idade. Mas não adquirir certos cuidados com o canal auditivo e com o corpo como um todo é o caminho para uma perda auditiva prematura e, em muitos casos, grave.

A seguir, reunimos alguns hábitos e exercícios simples para melhorar a audição. Acompanhe a leitura e saiba o que fazer para manter os seus ouvidos saudáveis por muitos anos!

1. Pratique o reconhecimento de sons

Vá para um lugar tranquilo e feche os seus olhos por alguns minutos. Procure identificar a origem de todos os sons que estão ao seu redor. Veja se eles estão perto ou se estão longe e de qual direção cada um está vindo. Isso não só deixará o seu ouvido mais aguçado, mas também deixará seu corpo mais relaxado.

Esse exercício se assemelha bastante à meditação, com a diferença de que o objetivo é treinar a identificação de diferentes tipos de sons. Você pode praticar esse reconhecimento em qualquer lugar, até mesmo dentro de casa. O barulho da cafeteira, o motor do ar-condicionado, o latido do seu cachorro e tantos outros sons podem ser identificados com um minuto de pausa.

2. Trabalhe o seu foco em lugares ruidosos

Outro exercício para melhorar a audição que também ajuda no foco é a conversação em ambientes ruidosos. Basta tentar manter a atenção no que outra pessoa está falando, seja na rua, seja em casa com o rádio ligado. A ideia é se concentrar nos sons que são importantes e treinar os seus ouvidos.

Não se trata de ligar o som no último volume ou expor-se a lugares muito barulhentos. Esses casos podem, na verdade, prejudicar a sua audição.

3. Melhore a sua audição com atividade física

Existe um vínculo entre o sistema cardiovascular do seu corpo e o funcionamento de órgãos e tecidos que envolvem o sistema auditivo. O ouvido interno é uma região extremamente vascularizada e, por isso, também é, mesmo que indiretamente, beneficiado por hábitos que favorecem a circulação de sangue no corpo.

Para quem ainda não tem o costume de fazer alguma atividade física, vale começar de maneira moderada. Dê preferência à caminhada, à natação, ao ciclismo e a outras modalidades esportivas que exigem a movimentação do corpo inteiro. O “segredo” para um bom condicionamento físico é manter uma regularidade na prática de atividades físicas.

4. Tenha cuidado com os fones de ouvido

Usar fones de ouvido no volume máximo é uma das ações mais prejudiciais para a sua saúde auditiva. Sobrecarregar os seus ouvidos com música alta pode gerar graves problemas no futuro.

A maioria dos celulares tem uma recomendação para manter o fone de ouvido sempre em um volume mediano. Ultrapassar esse limite pode prejudicar o seu ouvido com o excesso de ruídos. Lembre-se de que o ruído que danifica a sua audição pode deixar o ouvido dolorido ou até provocar zumbidos.

Outras soluções são optar por fones de ouvido com bloqueio de ruídos e evitar usar fones de ouvido por horas. Diferentemente dos sons exteriores, o som do fone é totalmente direcionado ao canal auditivo e o uso prolongado pode ser danoso.

5. Insira alimentos ricos na sua dieta

Os alimentos que você põe no prato também afetam a qualidade da sua audição. Existem nutrientes que favorecem a integridade dos ouvidos e podem garantir anos de ótima capacidade auditiva, assim como alimentos que são inimigos da audição, na medida em que geram resultados agressivos com o passar do tempo.

Os grupos alimentares que beneficiam o sistema auditivo são as frutas, a gordura ômega-3 dos peixes, as oleaginosas e as folhas de cor verde-escura, como o alecrim. Por outro lado, o consumo de sal e açúcar em excesso acelera demasiadamente o metabolismo, prejudica as células do corpo e afeta o líquido responsável por lubrificar o ouvido interno.

É devido a esses danos que pessoas com diabetes tipo 2 costumam ter problemas auditivos. O excesso de gordura também pode, aos poucos, obstruir os vasos que percorrem o sistema de audição.

6. Cuide do seu canal auditivo

Cuidar do canal auditivo é um dos exercícios mais valiosos desta lista e exige algumas ações diárias simples. A limpeza do canal auditivo é uma das questões mais pertinentes e que geram mais preocupações. Isso acontece porque muitas pessoas ainda usam hastes com ponta de algodão para retirar a cera de ouvido.

Essa prática gera danos graves ao ouvido, principalmente quando feita regularmente. Limpar o ouvido com hastes flexíveis pode deixar a região interna sujeita à ação de micro-organismos danosos, além de aumentar o risco de dano à camada do tímpano e de perda de audição.

A saída mais saudável é passar levemente a haste apenas na região mais externa do ouvido para tirar o excesso. Também é importante não tentar fazer a limpeza regularmente, porque o próprio sistema auditivo tem uma função autolimpante. Em casos de dúvidas, não deixe de ir ao otorrinolaringologista.

Manter a saúde dos ouvidos gera diversos benefícios para a sua qualidade de vida e exige apenas alguns cuidados diários. Com os exercícios para melhorar a audição, é possível evitar uma perda de audição prematura.

É importante saber que, no entanto, há casos em que a aquisição de um aparelho é a melhor solução. Por isso, não deixe de consultar um fonoaudiólogo e fazer os testes médicos diante dos primeiros sintomas da perda de audição, como levantar frequentemente o tom da voz em conversas ou achar que o volume de aparelhos eletrônicos está sempre baixo.

Este post sobre exercícios para melhorar a audição foi útil? Que tal agora ampliar o seu conhecimento e saber mais sobre o uso e funcionamento dos aparelhos? Veja tudo o que você precisa saber sobre o aparelho de audição.

14 Comentários

  1. maria jose

    Quando um AVC provoca perda bilateral profunda tem condições de tratamento sem ser implante coclear?

    Responder
    • Comunicare

      Prezada Sra. Maria Jose, bom dia! Obrigado pelo seu contato.

      O melhor a ser feito é uma avaliação, assim o fonoaudiólogo poderá avaliar através de exames clínicos o seu caso e as possibilidades de tratamento. Sra. Marian Jose, converse com a nossa equipe de fonoaudiólogos para saber mais e esclarecer suas dúvidas.

      Você pode entrar em contato aqui no nosso site através do link abaixo e solicitar o seu atendimento, ele é gratuito.
      https://comunicareaparelhosauditivos.com/contato

      Ou também pelo nosso atendimento telefônico. Ligue gratuitamente: 0800.001.4050
      De segunda a sexta-feira, das 08h30 às 19h.

      Vamos aguardar o seu contato.
      Atte. equipe Comunicare

      Responder
  2. Juarez Gonçalves

    Tenho 61 anos de idade, faço uso de fone de ouvido somente de vez em quando e as vezes ouvia alguns estralos no interior da cabeça, com se fosse do proprio assunto que rstava escutando, e no dia de hoje 27/09/2020, quando somente lia reportagens no celular, de repente começou um zumbido fino no ouvido do lado esquerdo que não parou mais.

    Responder
    • Comunicare

      Prezado Sr. Juarez. Obrigado por sua mensagem.

      O senhor sabia que somos Centro de Referência no Tratamento do Zumbido? E na Comunicare, trabalhamos com fonoaudiólogos experientes focados em uma reabilitação auditiva de excelência.

      Converse com a nossa equipe de atendimento, Sr. Juarez, esse atendimento é gratuito. Acesse: queroouvirbem.com.br/contato e preencha o formulário de contato no nosso site, desta forma, a nossa equipe entra em contato com você.

      Ou se preferir, ligue gratuitamente: 0800.001.4050
      De segunda a sexta-feira, das 08h30 às 19h.

      Vamos aguardar o seu contato!
      Att, equipe Comunicare Aparelhos Auditivos

      Responder
  3. Marco Aurélio Furtado

    Entrei no mar p tomar banho e fiquei, com o ouvido esquerdo prejudicado, e com surdez, o que fazer?

    Responder
    • Comunicare

      Prezado Sr. Marco, boa tarde! Tudo bem com você?
      Agradecemos pela sua mensagem.

      O mais indicado é realizar uma avaliação.
      O senhor por realizar uma avaliação auditiva gratuita em uma de nossas unidades de sua preferência.
      E também podemos indicar um médico otorrinolaringologista parceiro Comunicare.

      Cadastre-se através do: https://comunicareaparelhosauditivos.com/contato/ e a nossa equipe de atendimento entrará em contato com você.
      Ou se preferir, ligue no 0800.001.4050 (De segunda a sexta-feira, das 08h30 às 19h).

      Ficamos à sua disposição.
      Atenciosamente, equipe Comunicare

      Responder
  4. Andreza

    Tenho 20 anos de idade,e sempre quando acordo pelo manhã ainda deitada na cama ouço estalos no ouvido a cada barulho ou ruído escutado,isto é normal ou não ?

    Responder
    • Comunicare

      Prezada Sra. Andreza, boa tarde! Tudo bem com a senhora?

      O mais indicado é que a senhora realize uma avaliação auditiva, para que o fonoaudiólogo avalie o seu caso.
      Também trabalhamos com médicos otorinolaringologistas parceiros Comunicare, e podemos indicar para a senhora.

      Cadastre-se através do link: https://comunicareaparelhosauditivos.com/contato/ e a nossa equipe de atendimento entrará em contato com a senhora.

      Ou se preferir ligue pelo 0800.001.4050 (De segunda a sexta-feira, das 08h30 às 19h).

      Ficamos à sua disposição.
      Atenciosamente, equipe Comunicare

      Responder
  5. José Augusto vieira

    Tenho um filho gêmeos na gestão da minha esposa teve o virose do gato meus filhos nasceu com o seta megaloviros um deles apresentou a surdez do lado direito isso tem cura ser urgia qual caminho devo tomar

    Responder
    • Blog Autor

      Oi, tudo bem?
      Infelizmente não temos o knowhow para ajudar solucionar o seu problema.
      Acreditamos que a melhor escolha seria buscar por um otorrinolaringologista para te auxiliar.

      Responder
  6. SOLANGE APARECIDA AMARO

    Tenho 40 decibéis de perda auditiva neurossensorial ( ouço, mas não entendo os fonemas) é como se as pessoas falassem uma língua desconhecida.
    Ruído ouço normal, tenho problema somente para interpretar a fala natural.
    Aparelhos eletrônicos ouço normal.

    Responder
    • Blog Autor

      Oi, tudo bem?
      Infelizmente não temos o knowhow para ajudar solucionar o seu problema.
      Acreditamos que a melhor escolha seria buscar por um otorrinolaringologista para te auxiliar.
      Caso queira fazer um teste de aparelhos auditivos conosco, é de graça.

      Responder
  7. Brenda Batista

    Ola eu tenho 22 anos e n escuto bem feia em um otorrino é n fui bem no exame é no resultado deu perda pouco . Como eu faço para ouvir melhor

    Responder
    • Comunicare

      Oi, tudo bem?
      Acreditamos que a melhor escolha seria buscar por uma fonoaudióloga para te ajudar. Você realizou a audiometria?

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

M

Onde você está?

Dessa forma você terá acesso aos produtos e serviços da sua região.

M

Localizando...

Unidade mais próxima

Agendar Teste Gratuito
M

Informe seus dados para iniciar seu atendimento.